• (19)2512-1414
  • contato@redealimentare.com.br
Refeições corporativas: o barato que sai caro

Refeições corporativas: o barato que sai caro

Já teve a sensação de ter feito um péssimo negócio com alguma fornecedora ou um certo pressentimento de que algo não está muito bem explicado? Pois bem, na hora de investir em refeições corporativas é preciso ter muito cuidado.

Ter uma alimentação saudável na empresa é algo que pode servir como fator competitivo em relação à concorrência, pois gera diversos benefícios a curto, médio e longo prazo. No entanto, você não pode confiar na primeira empresa que vê e já arriscar a saúde de  seus funcionários nas mãos de quem não tem experiência.

Sendo assim, para que entenda melhor sobre o tema e faça uma boa escolha, trouxemos algumas recomendações primordiais sobre refeições corporativas. Confira!

Por que oferecer uma alimentação saudável para os funcionários?

Em tempos em que a cultura de cuidar bem do corpo tem aumentado bastante, a preocupação em fazer atividades físicas é mais evidente e as pessoas estão mais interessadas em viver com qualidade, você há de convir que a empresa precisa caminhar na mesma linha. A seguir, veja algumas das principais vantagens que terá ao oferecer boas refeições no trabalho.

Melhora a produtividade 

Quando a empresa preza pela qualidade da alimentação oferecida aos funcionários, a tendência é que eles sejam parte integrante da empresa, pois se sentirão valorizados, motivados e podem render muito mais a partir disso. A satisfação dos colaboradores no ambiente de trabalho é algo que precisa ser levado em consideração, afinal, eles são o ativo intelectual das organizações e a rentabilidade do seu negócio depende deles.

Reduz custos desnecessários

Várias empresas investem em marmiteiros, cartões de vale-alimentação, micro-ondas para esquentar as marmitas e mal percebem o dinheiro que está indo para o ralo. Oferecer um programa de alimentação coletiva faz com que você economize na conta de luz, água e, até mesmo, na manutenção das máquinas, ou seja, torna-se mais vantajoso um refeitório que proporcione almoço e jantar do que outros recursos.

Proporciona bem-estar e saúde

Ao contratar novas pessoas para empresa, você deve não só orientar a respeito do cargo exercido, mas dar o respaldo sobre os fatores de ergonomia, saúde e bem-estar no ambiente, a fim de obter um retorno positivo na produção e nas vendas. Sendo assim, a alimentação saudável faz parte dos fatores que influenciam diretamente nos problemas de saúde e, cuidando dela, resolve-se o problema com licenças médicas por exemplo. 

Quais os cuidados na hora de contratar um serviço de alimentação coletiva?

Você começa a considerar a ideia de oferecer uma alimentação saudável na empresa, mas ainda se sente em dúvida quanto à empresa com que pretende fechar uma parceria, porque são inúmeras as opções, não é mesmo? Sendo assim, para que consiga realizar um bom negócio, trouxemos algumas dicas para evitar problemas com o fornecimento no futuro.

Verifique as opções do cardápio 

Nessa questão do barato sai caro, na hora de negociar com fornecedores de alimentação coletiva, o primeiro cuidado que precisa tomar é em relação a variedade nas refeições. Você percebe que levou gato por lebre ao identificar que as opções  de alimentos oferecidos é reduzida e, em vez de atrair o público interno, pode afastá-lo gradativamente. 

O ideal é contar com a parceria de uma empresa que tenha uma boa variedade no cardápio, oferecendo alternativas saudáveis para todos os estilos de dieta e com os níveis de nutrientes calculados conforme a necessidade de cada grupo de colaboradores. Essa atitude faz com que o custo-benefício realmente compense e haja o interesse dos colaboradores em utilizar o refeitório todos os dias. 

Tome precauções contra contaminações

Vamos imaginar que você tenha contratado uma empresa para realizar o processo de fornecimento e alocação da estrutura de alimentação coletiva, mas não se atentou a um detalhe básico: a procedência dos alimentos oferecidos. Você há de convir que, se um funcionário ou mais tiver problemas com a comida ingerida, a chance de ter que lidar com processos trabalhistas é muito grande.

Como sabemos que você não quer nem pensar em manchar a imagem da marca e ficar no prejuízo por conta de um descuido, investigue a fundo a qualidade dos produtos ofertados, como é a logística até a sua empresa, o armazenamento, entre outros fatores. Por exemplo: a entrega de carnes e feita em carro refrigerado conforme normas atuais? É indispensável tomar todas as precauções contra as contaminações no refeitório, de modo que os colaboradores sempre tenham acesso a ótimas refeições.

Pesquise sobre o histórico da empresa

Por falar em investigação, você deve saber qual é a procedência dos fornecedores também, afinal, muito mais do que uma negociação de preços, existe uma relação de confiança depositada na empresa a qual pretende estabelecer a parceria. Pesquise as informações no site da companhia, visite as redes sociais, confira o que outros gestores dizem na internet a respeito desse fornecimento etc.

Quanto mais informações obtiver, consequentemente, maior será o nível de confiança estabelecida nesse contrato e você terá a certeza de ter feito um bom negócio. Lembre-se de averiguar casos polêmicos que envolvam a empresa, a estrutura dela e se conta com uma equipe realmente especializada no ramo alimentício.

Analise o atendimento

Em qualquer setor da economia, o fator atendimento é primordial para conquistar novos clientes e, se possível, fidelizá-los em algum momento da jornada de consumo. Esse é um aspecto completamente relevante ao pesquisar preços de fornecedores, tendo em vista que você não depositará suas fichas em alguém que trata sua empresa e seus funcionários com má educação.

Levando isso em conta, avalie a forma com que a equipe da empresa parceira atende, o nível de conhecimento deles em relação ao ofício e se estão preparados para lidar com a demanda de funcionários que dispõe. Caso você gerencie uma empresa de médio a grande porte, por exemplo, não faz sentido contratar os serviços de uma companhia que não dá conta de atender todos os funcionários em turnos distintos. Filas gigantes e espera na hora da refeição são muito desestimulantes não é mesmo? 

Como a Alimentare pode ajudar você nisso? 

Na procura incessante por bons fornecedores para que seu refeitório esteja completo e, com isso, evite que os colaboradores consumam alimentos processados de origem duvidosa, a Rede Alimentare é uma solução bastante eficiente. A empresa campineira surgiu em 2008 com o propósito de destinar às organizações da região uma alimentação saudável de qualidade, pautada por um atendimento de primeira.

Para se ter uma ideia da preocupação que a Alimentare tem a respeito dos alimentos oferecidos ao seu público-alvo, todos os cardápios são elaborados meticulosamente por uma equipe de nutricionistas que levam em conta os pré-requisitos básicos de higiene, saúde e segurança alimentar. A rede alimentare É responsável por equipar e personalizar o ambiente, fazendo com o que o local tenha um convívio aconchegante.

Portanto, ao separar seu orçamento para investir em refeições corporativas de qualidade, lembre-se sempre de que o barato pode sair caro e que é preciso verificar a credibilidade da empresa, a procedência dos alimentos e a competência da equipe.Se você ficou na curiosidade de conhecer um pouco mais sobre a Rede Alimentare e como funciona seus processos, então aproveite a oportunidade e agende uma visita agora mesmo!

Deixe uma resposta

Fechar Menu